Header Ads




Em 64 dias de funcionamento, Hospital de Campanha de Santarém recupera 300 pacientes de Covid-19

A marca de 300 altas médicas aconteceu no sábado, dia 24 de abril.Crédito: HCS recupera 300 pacientes em 64 dias de funcionamento

O ‘corredor da vida’, como é chamado pelos colaboradores do Hospital de Campanha de Santarém HCS, foi cenário para as altas que somaram  o número 300, no último sábado, dia 24 de abril. Os pacientes Luciano Luiz Lira 35, Alberto Ramos de Almeida 68, Ellen Simone Maia Freire 40 e Marcos André da Cruz de 46 anos, foram recepcionados pela equipe plantonista e os parentes em um clima de alegria e comemoração.Crédito: HCS

Três dos pacientes da alta médica chegaram na Unidade no mesmo dia, dividiram a mesma enfermaria, criaram um lanço de amizade e puderam confraternizar a volta para casa juntos. Para eles, essa amizade que aconteceu em um momento difícil, deve permanecer para vida após internação.

"Não foi por acaso termos chegado juntos, nos tornamos amigos e aconteceu de forma natural. Chegamos debilitados, de uma forma ou de outra fomos dando força um ao outro. Hoje é gratidão, eu ganhei dois presentes com essa amizade, eu acredito que eles pensam assim", disse Marcos.Marcos contou que eles já trocaram os números de telefones e vão criar um grupo de whatsapp para manter contato. "Assim que a situação da pandemia melhorar, queremos nos reencontrar para relembrar, mas dessa vez com a felicidade de quem voltou para casa, infelizmente muitos não tem essa sorte", comemorou.

A equipe comemorou ontem o reencontro de 300 pacientes com os familiares. Para o médico plantonista do Hospital, Dr. Rodrigo Ruan Costa, o que mantém a equipe trabalhando focada é o amor por vidas e conseguir devolve-los recuperados para o convívio familiar. "É uma alegria muito grande poder participar de todas essas altas e saber que fomos importante no tratamento de cada um", finalizou.

Atendimento humanizado

Com pouco mais de 2 meses de funcionamento, o HCS oferece atendimento clínico, nutricional, psicológico, de assistência social e fisioterapia. O acolhimento aos pacientes tem uma retaguarda de projetos que buscam humanizar cada vez o trato dos internados. 

Entre eles, a “visita online”, que permite contato por chamada de vídeo entre pacientes com quadro clínico estável e familiares.

Outro exemplo positivo é a “Cabine do Amor”, ao qual oportuniza um abraço carinhoso entre quem está internado e uma pessoa da família. 

Outra ação importante, é o “Pacientes em Movimento”, que está dentro do planejamento de atividades que ajudam no tratamento. Ele é comandado pela equipe de fisioterapia e psicologia, onde de maneira lúdica faz com que os participantes façam movimentos no corpo. 

Segundo o diretor técnico da Unidade, Tardelio Torquarto, o momento da internação é sempre difícil tanto para o familiar quanto para o paciente e a equipe multiprofissional trabalha para que o período de tratamento seja o mais leve possível. " Todos os projetos contribuiem na melhora do quadro e consequentemente na alta’, finalizou.

Blogdocarpê com informações HCS

Nenhum comentário