Header Ads




Prefeitura de Santarém inicia distribuição de kits da alimentação escolar em 2021


Crédito: Ascom 

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) inicia nesta terça-feira (6), a distribuição dos kits de alimentação escolar de 2021. Devido a pandemia ocasionada pela covid-19 o ano letivo iniciou na rede municipal de forma remota. Por conta disso, a gestão do prefeito Nélio Aguiar trabalhou para que os alunos pudessem receber mais uma etapa do kit alimentação. O recurso é de R$ 2.483.00,00 (dois milhões, quatrocentos e oitenta e três mil) recebidos do governo federal, valor dividido em quatro parcelas, sendo uma no valor de R$ 833 mil e mais três de R$ 550 mil reais e que foram investidos na compra dos produtos que irão compor o kit alimentação deste ano. Os alunos da região do rio Tapajós serão os primeiros a receber. A região conta com 31 escolas e contempla quase 2.500 alunos, sendo 2.047 do município e 419 do estado (Ensino Modular).

Depois do Tapajós, a entrega será para os alunos do rio Arapiuns, em que há 69 escolas e 3.563 alunos. Somando as duas regiões, mais de 6 mil alunos (6.029) receberão o kit.

O processo licitatório para compra dos alimentos ocorreu no início de março, quando as amostras dos produtos foram avaliadas por uma equipe técnica formada por representantes do Conselho de Alimentação Escolar, Vigilância Sanitária e Semed.
Crédito: Ascom 

Devido a particularidades como distância e logística própria, a região do Tapajós receberá um kit de alimentos específicos. São eles:

01 kg de açúcar;

01 kg de arroz;

01 pct biscoito salgado cream cracker

01 pct milho flocado

01 kg feijão

01 lt leite de côco

02 pct leite em pó integral

500g de charque

Macarrão 500g

Almôndegas em conserva bovina 830g

O kit inclui ainda três produtos da agricultura familiar:

01 kg farinha de mandioca

500g farinha tapioca

Jerimum

Área urbana

Na área urbana a entrega dos kits inicia na próxima quarta-feira (7), pelas creches, Unidades e Centros de Educação Infantil (Umeis e Cemeis). De acordo com a coordenadora da Divisão de Atendimento ao Educando (DAE), Vanda Maia, esse ano o Kit da Alimentação Escolar para a área urbana será padronizado, ou seja, as escolas receberão os mesmos itens de produtos industrializados. Além disso, o kit terá uma novidade, o chocolate 32% cacau, com baixo teor de açúcar, uma orientação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Como medida de prevenção à covid-19, a coordenação do NAE definiu que os gestores receberão os alimentos em embalagens fechadas e devidamente sanitizadas e cada escola terá uma equipe para fazer a entrega dos kits aos pais dos alunos.

Este ano, cerca 60 mil alunos da rede municipal devem ser contemplados com kit de Alimentação Escolar.

Nenhum comentário