Header Ads




Aula inaugural de ambientação marca início de cursos para socioeducandos do Creas


Crédito: Agência Santarém 

Seis jovens socioeducandos do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), assistiram hoje (10), à aula inaugural de ambientação no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Acompanhados de seus responsáveis, eles tiveram a oportunidade de conhecer as dependências do local, e receber informações sobre a plataforma “Meu Senai”, que utilizarão durante os cursos.
De acordo com a coordenadora da Proteção Social Especial (PSE), Glaucya Fiori, o objetivo das atividades é promover a inserção desses jovens no mercado de trabalho com qualificação profissional. “É muito importante essa oportunidade, para que eles possam vislumbrar um futuro. Vamos acompanhá-los em todas as fases e vamos torcer para que, com essa oportunidade possam escrever uma nova história”, avaliou Glaucya.

A mãe de um dos socioeducandos, que acompanhou a aula inaugural, disse que vê nessa oportunidade a possibilidade um futuro melhor para o filho, uma vez terá qualificação técnica de qualidade e continuará com o acompanhamento social. “É de grande importância esse projeto. Desde o começo, mesmo ele não querendo muito, fui no Creas, e eu estou sempre ao seu lado, acompanhando e incentivando. Hoje, ele está bem empolgado com o início das aulas", disse.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), em parceria com a Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT), disponibilizou aos participantes carteira estudantil para que possam se deslocar nas aulas presenciais.
“Nós cumprimos com a nossa missão de acompanhar esse processo, possibilitando aos socieducandos todo apoio para que conquistem sua qualificação profissional”, pontuou Celsa Brito, Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social.

“Trabalhamos com a missão de levar a educação profissional, e hoje estamos de portas abertas para abraçar os socioeducandos. Essa parceria tem o intuito de deixá-los aptos a entrar no mercado de trabalho, pois é isso que o Senai desenvolve, trazendo o jovem para essa realidade que o mercado está vivendo”, observou Peter Rasera, diretor da Escola Senai de Santarém-Juruti.

Aos socioeducandos serão oferecidos os cursos de: Mecânica de refrigeração; almoxarifado de obras; eletricista de automóveis leves e eletricista predial, com carga horária de 160 horas.

Blogdocarpê com informações Agência Santarém 

Nenhum comentário