Header Ads




Defensoria recomenda que Governo do Pará vacine presos com comorbidades


Crédito: Akira Onuma/Ascom Susipe

Nesta quarta-feira, 12, a Defensoria Pública do Pará (DPE) publicou uma recomendação ao Governo do Estado para que as pessoas privadas de liberdade que tenham comorbidades sejam vacinados com imunizantes contra a covid-19. A recomendação de aplica a 20 municípios de diversas regiões do estado que possuem casas penais.

De acordo com a Defensoria os presidiários com comorbidades, indígenas, pessoas idosas, com deficiência permanente, grávidas e puérperas devem ser vacinados de forma prioritária. O documento destaca que os planos de vacinação estadual e nacional devem se pautar na equidade e enfatiza que os detentos das unidades prisionais não tem autonomia para se imunizarem. Logo, a responsabilidade pela integridade dos apenados no sistema prisional é do Estado.

A recomendação abrange os municípios de Belém, Ananindeua, Marituba, Santa Izabel do Pará, Castanhal, Bragança, Capanema, Salinópolis, Abaetetuba, Cametá, Mocajuba, Paragominas, Tomé-Açu, Tucuruí, Marabá, Parauapebas, Redenção, Altamira, Itaituba e Santarém.

Até o momento, a Secretaria de Administração Penitenciária e o Governo do Pará não se pronunciaram sobre a recomendação.

Fonte Roma News 

Nenhum comentário