Header Ads




Deputado recorre ao STF contra realização da Copa América no Brasil

Júlio Delgado (PSB) afirma ser um absurdo trazer o torneio para o país que contabiliza mais de 462 mil mortos por Covid-19
Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Após a Colômbia e Argentina desistirem de sediar a Copa América, a Conmebol realizou uma reunião nesta segunda-feira, 31, em que foi decidida a vinda do torneio para o Brasil. A competição tem início previsto para o próximo dia 13 de junho.

O deputado federal Júlio Delgado (PSB/MG) anunciou em suas redes sociais que irá acionar o Supremo Tribunal Federal contra a realização da Copa América no Brasil. O político declarou ser um absurdo a vinda da competição ao país que contabilizou, no último domingo, 30, mais de 462 mil mortes pela Covid-19.

"Não se pode receber delegações de 10 países para uma Copa que não tem vaga para pré-olímpico ou Copa do Mundo. Meramente comercial, podia ser adiada tranquilamente", disse o deputado.

Ciro Gomes, candidato à presidência nas eleições em 2018, também criticou a vinda da Copa América para o Brasil em suas redes sociais."A CPI da Covid tem que agir preventivamente. Convocar o presidente da CBF e as autoridades esportivas para saber quais os cuidados que serão tomados para a realização da Copa América. A questão não é gostar ou não de futebol. A questão é brincar com a vida dos brasileiros. E não fazer demagogia a troco da morte de inocentes", frisou.

Com informações do O Liberal

Nenhum comentário