Header Ads




Emoção marca primeiro dia de vacinação contra covid-19, para população em situação de Rua


Crédito: Ascom 

A emoção tomou conta do senhor Risomar Pereira da Silva, de 57 anos, que vive em situação de rua, ao receber a primeira dose da vacina contra a covid-19, na manhã desta quarta-feira (05).

Seu Risomar é usuário do Centro Pop Dom Lino Vombommel e expressou sua gratidão: “Eu agradeço muito esse povo aqui que está me ajudando, porque pra mim é uma felicidade, pois esperar por outro lado ainda ia demorar muito, eu sou do grupo de risco, eu durmo na rua, foi muito gratificante, eu fico muito feliz, muito obrigado”, contou emocionado.

“Testemunhar essa emoção foi muito gratificante. Ver o senhor Risomar com lágrimas recebendo a aplicação da vacina, foi marcante. Ele pertence ao grupo prioritário e são nossos usuários aqui do Centro e ficamos felizes por esse grupo receber a vacina. O Prefeito Nélio vem efetivando esse trabalho de servir contribuindo com a imunização da população”, pontuou Celsa Brito, Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social.
A secretária esteve acompanhada da coordenadora da Proteção Social Especial Glaucya Fiori, da Coordenadora do Centro Leda Rocha e de toda equipe do Centro Pop que preparou o ambiente seguindo o protocolo de saúde.

A vacinação está sendo feita pela equipe do Consultório de Rua e continua nesta quinta-feira (06) pela manhã de 8h ás 12h.

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), segue avançando com o cronograma de vacinação contra a covid-19 nos quatro cantos da cidade.

Desde essa quarta-feira (5), alguns grupos com comorbidades começaram a ser vacinados com a primeira dose, a segunda dose será no mês de agosto.

Nesta etapa estão sendo contempladas grávidas e puérperas com comorbidades, pacientes oncológicos e de hemodiálise, público assistido pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), pacientes do Programa de Tratamento Fora de Domicílio (TFD) e do Programa Melhor em Casa, e pessoas em situação de rua. Para começar a imunizar esse público, o município recebeu 861 doses de vacinas no final de semana.

Vânia Portela, Secretária Municipal de Saúde destacou que é importante no ato de vacinação, as pessoas levaram os documentos pessoais com o Cadastro de Pessoa Física (CPF), o Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e a carteira de vacinação, além da documentação que comprove a comorbidade como receita dos últimos 3 meses, laudo, relatório e/ou atestado médico.

Devido à escassez de vacina, o cronograma é montado conforme o recebimento das doses. A Semsa aguarda o repasse de novas doses para prosseguir a imunização de outras faixas etárias, de acordo com o que estabelece o Plano Nacional de Imunização (PNI). Em todo o município mais de 42 mil doses de vacinas já foram aplicadas.

Das 9.360 recebidas no final de semana:

5.177 segunda dose para idosos (65-80 anos)

1.329 segunda dose para trabalhadores da saúde

1.493 segunda dose Segurança Pública

861 comorbidades

500 primeira dose segurança pública

Blogdocarpê com informações Agência Santarém 

Nenhum comentário