Header Ads




Vacina contra covid-19 avança para pessoas com 59 anos completos diabéticos e/ou cardiopatas em Santarém


Crédito; Ascom 

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), avança com a vacinação contra a covid-19 no município. A partir desta segunda-feira, 10, os novos grupos incluídos são pessoas com 59 anos completos que possuam diabetes ou que sejam cardiopatas, ou que possuam Deficiência Permanente com 59 anos completos e Transplantados.

Já estavam incluídos e prosseguem sendo vacinados: grávidas com comorbidade, puérperas com comorbidade, Síndrome de Down, Paralisia, Autismo, Renais Crônicos em terapia de hemodiálise, pacientes oncológicos e pessoas em situação de rua. Também estão sendo imunizados os quilombolas. A segunda dose também segue nas Unidades Básicas de Saúde. Para saber a data da segunda dose, basta olhar na data agendada na carteira de vacinação.

Para atender a demanda dos novos grupos a serem vacinados contra a covid, também a partir desta segunda feira, 10, sete pontos fixos vão funcionar das 9h às 15h (UBS em horário normal), de segunda a sexta-feira nos seguintes locais:

1. Sest/Senat: Rod. Santarém-Cuiabá, km 5, s/n, Cambuquira;

2. 3º Batalhão da Polícia Militar: Rod. Santarém-Cuiabá, Nº 211, Caranazal;

3. UBS São Braz: Rod. Everaldo Martins, nº 343, São Braz - Eixo Forte;

4. UBS Cipoal: Rod. Santarém-Cuiabá, s/n, Cipoal;

5. UBS Jacamim: Rod. Santarém-Curuá-Una, Jacamim;

6. UBS Santíssimo: Rua do Norte, nº 41, Santíssimo;

7. UBS Fátima: Av. Tapajós, Aldeia; (exclusivo para ribeirinhos)

A população ribeirinha terá a UBS de Fátima como referência para se vacinar.

Em todos os sete pontos, serão oferecidas a 1ª e a 2ª dose.

Já estavam incluídos e prosseguem sendo vacinados: grávidas com comorbidade, puérperas com comorbidade, Síndrome de Down, Paralisia, Autismo, Renais Crônicos em terapia de hemodiálise, pacientes oncológicos e pessoas em situação de rua. Também estão sendo imunizados os quilombolas.

Quando for se vacinar, não esqueça CPF, Carteira de Vacinação e Cartão do SUS. Para comprovar a comorbidade, apresente um dos documentos a seguir: Receita dos últimos 3 meses, laudo, relatório e/ou atestado médico. Para segunda dose, fique atento à data que está na sua carteira de vacinação.

Continue seguindo as medidas de proteção, use máscara, mantenha a higienização das mãos e respeite o distanciamento social.

Blog do Carpê com informações Agência Santarém 

Nenhum comentário