Header Ads




Festas clandestinas são encerradas e organizadores autuados pela Vigilância Sanitária em Santarém

Eventos estavam ocorrendo na Serra do Saubal e comunidade São Brás na noite de sábado (5).
Festas foram encerradas pela Vigilância Sanitária e Polícia MIlitar em Santarém —

Denúncias anônimas levaram uma operação integrada a encerrar duas festas clandestinas em Santarém, no oeste do Pará, na noite de sábado (5). Os dois eventos, que continuam proibidos no município, estavam sendo realizados na Serra do Saubal e na comunidade São Brás.

O primeiro evento tinha cerca de 40 pessoas e o outra quase 60. Nos dois casos os organizadores foram autuados e as festas encerradas com dispersão do público.
Denúncias levaram a operação até os locais onde as festas estavam ocorrendo — Foto: Vigilância Sanitária/Divulgação

Em um dos eventos havia até pulseiras que davam acesso ao "Baile Noite Negra", além do uso de som e venda e consumo de bebidas alcoólicas.

Conforme a Vigilância Sanitária, as denúncias feitas pela população ajudam a identificar os locais onde os eventos ocorrem e a combater as aglomerações. As denúncias podem ser feitas à Vigilância Sanitária e órgãos de segurança, como Niop, através do 190.
Pulseiras eram vendidas para acesso a uma das festas — Foto: Vigiância Sanitária/Divulgação

A operação integra diversos órgãos, como Vigilância Sanitária e Polícia Militar, e atua nas zonas centrais e também nas comunidades dos municípios coibindo práticas irregulares e desrespeitosas aos decretos e legislação municipal.

Festas e eventos estão proibidos em Santarém por força de decreto municipal e também de decisão judicial da 6ª Vara Cível e Empresarial, que determinou a não realização de festas na cidade. A multa para quem realiza chega a R$ 100 mil.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário