Header Ads




PAA distribui 6,5 toneladas de alimentos da agricultura familiar a famílias em situação de vulnerabilidade social


A Prefeitura Municipal de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), iniciou nesta terça-feira (15), a entrega de 6,5 toneladas de alimentos oriundos da Agricultura Familiar para famílias em vulnerabilidade social e eminente risco social.

De acordo com o Chefe da Divisão de Segurança Alimentar de Santarém, Fagner Gonçalves, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é uma modalidade do Programa do Governo Federal que são iniciativas que devem ser articuladas pelos municípios que buscam em seus objetivos atender e desenvolver a agricultura familiar local na compra de alimentos cultivados pelas famílias do campo que precisam escoar suas produções, incentivando o crescimento social e econômico.

“Esse é um recurso que vem e fica no município proporcionando melhoria de vida às nossas famílias do campo e, na outra ponta, para a população em situação de vulnerabilidade e risco alimentar. Todos os alimentos adquiridos pelo programa são destinados às unidades de atendimento da Rede Socioassistencial e demais outras unidades que prestam serviços sociais a população. Com o enfrentamento a covid-19, as famílias que passam dificuldades se tornam o foco principal como beneficiárias consumidoras no recebimento das cestas de alimentos da agricultura familiar. Os Cras são as unidades credenciadas ao Programa e se encarregam do levantamento das necessidades rastreando as famílias a serem atendidas. Essas famílias em sua maioria estão nos bairros periféricos e se tornam a prioridade nesses serviços prestados”, pontuou Fagner.

A Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito, acompanhou no bairro Pérola do Maicá o início das entregas em dois locais na Associação e Centro Comunitário do bairro, e observou que é muito importante a execução desse programa que além de beneficiar os produtores rurais, está ajudando a população em situação de vulnerabilidade que se agravou diante da pandemia. “A gente sabe que as dificuldades aumentaram com essa pandemia, quem nunca precisou de apoio, agora está precisando, e esse programa é muito importante, pois leva até essas famílias alimentos de qualidade oriundos da agricultura familiar. Agradecemos a parceria com as associações e centros comunitários que estão nos ajudando a estar mais próximos da população fazendo as entregas e nos apoiando nesse processo.” Observou a Secretária.

O carpinteiro Raimundo Luiz Bentes Mota disse que está desempregado devido aos reflexos da pandemia e o alimento entregue irá ser um alívio na família. “Graças a Deus fomos chamados para receber essa cesta. Com essa pandemia, as coisas ficaram difíceis, e fomos chamados em boa hora”, agradeceu o carpinteiro.

Os alimentos adquiridos pelo PAA são da cultura alimentar: Jerimum, macaxeira, banana, laranja, tangerina e etc.

Blogdocarpê com informações Agência Santarém

Nenhum comentário