Header Ads




A maior parte das mercadorias que abastecem a região do Baixo Amazonas chega ou sai pelo rio.

A maior parte das mercadorias que abastecem a região do Baixo Amazonas chega ou sai pelo rio.

Cervejas e refrigerantes apreendidos pela Sefa no porto de Oriximiná, no Pará — Foto: Agência Pará/Divulgação

Fiscalização realizada no porto de Oriximiná, no oeste do Pará, pelos servidores da Secretaria de Estado da Fazenda, Sefa, na segunda-feira (26), apreendeu, 20.250 refrigerantes de 2 litros, 4.800 garrafas de cerveja long neck e 240 de energéticos que viajavam sem nota fiscal.

De acordo com a fiscalização, a mercadoria saiu de Manaus, capital do Amazonas, com destino a Oriximiná, no Pará, e foi localizada em uma embarcação durante o desembarque.

A maior parte das mercadorias que abastecem a região do Baixo Amazonas chega ou sai pelo rio, exigindo deslocamento das equipes de fiscalização em embarcações, muitas vezes realizando a abordagem no meio do rio.

“As mercadorias vem de Manaus com destino a Oriximiná, para revenda em distribuidoras locais e comércio local, e não passam pela cidade de Óbidos, onde fica a unidade fazendária. O pessoal do Fisco estadual precisa se deslocar de lancha até a cidade de Óbidos para fazer a fiscalização das mercadorias”, informou o diretor de Fiscalização da Sefa em exercício, Ernane Vieira.

O valor total da mercadoria é de R$ 103.582,00 e foi lavrado um Termo de Apreensão e Depósito (TAD) de R$ 60.349,00, referente a impostos e multa, que aguarda o pagamento para liberação da carga.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário