Header Ads




Operação 'Finados 2021’ reforça policiamento em cemitérios e balneários


Crédito: Arquivo/Ascom Detran-PA

Com o objetivo de garantir a tranquilidade e salvaguardar a população que homenageará familiares já falecidos, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), com participação dos órgãos parceiros, desenvolverá a partir desta sexta-feira, 29, a Operação “Finados 2021”, que abrangerá 33 municípios e 19 cemitérios, públicos e privados, na Região Metropolitana de Belém.

Com previsão para encerrar na próxima quarta-feira, 3, no retorno da população do feriado prolongado, a operação vai mobilizar 1.139 profissionais e empregar 122 viaturas, de quatro e duas rodas. O planejamento montado pela Segurança Pública atenderá tanto às pessoas que ficarão na Região Metropolitana, quanto quem se deslocar para os balneários mais procurados no Estado.

“O sistema planejou e os órgãos farão os deslocamentos de servidores para dar segurança aos principais balneários, como Salinas, Mosqueiro, Bragança, dentre outros, para que a sociedade se mantenha segura, e também com o fim de fazer cumprir os requisitos que estão previstos no Decreto 800 de contenção da proliferação do coronavírus. Não esquecendo, também, da Região Metropolitana, onde muitas pessoas ficarão para fazer a visita às necrópoles, em todo o final de semana, não só no Dia de Finados”, explica o secretário adjunto de Operações da Segup, coronel Alexandre Mascarenhas.

Ainda de acordo com o secretário adjunto, a Operação, em atenção à população que antecipa a visitação aos cemitérios, a Segup planejou “uma segurança reforçada, tanto no interior das necrópoles quanto nas vias de acesso a esses cemitérios, dando a maior segurança possível a todos”, completou.

Já para o grande descolamento previsto nas rodovias estaduais, o planejamento prevê o aumento do patrulhamento rodoviário nas vias que dão acesso aos balneários, realizado pela Polícia Rodoviária Estadual e Departamento de Trânsito, com acompanhamento, inclusive, do Corpo de Bombeiros Militar, durante toda a extensão das rodovias que levam aos balneários.

“Haverá pontos com ambulâncias de atendimento pré-hospitalar do Corpo de Bombeiros, esperando que não seja necessário. Mas, se for, existirão guarnições para fazer o resgate e o atendimento imediato da população, quando esta precisar”, garantiu o coronel Alexandre Mascarenhas.

Rodovias e cemitérios - Entre as ações a serem realizadas está a “Operação de controle de fluxo”, de caráter preventivo na entrada e saída de Belém, e ao longo das rodovias federais e estaduais, assim como a “Lei Seca”, para identificar condutores que estejam conduzindo veículos sob o efeito de álcool ou entorpecente.

As equipes também fiscalizarão a poluição sonora de veículos e estabelecimentos comerciais, desenvolvendo atividades de natureza educativa, preventiva e repressiva. Práticas de cunho ambiental, social, lazer e turismo também fazem parte da “Operação Finados”, com responsabilidade de órgãos estaduais parceiros.

Nos cemitérios, com atuação das guardas municipais e agências de trânsito de Belém, Ananindeua e Marituba, e apoio da Polícia Militar, haverá ações de combate à criminalidade e de prevenção à ação delituosa no entorno e dentro dos cemitérios públicos.

Com informações da Agência Pará

Nenhum comentário