Header Ads




Empreendedores e órgãos públicos de Santarém participam de audiência sobre concessão florestal no Conjunto de Glebas Mamuru-Arapiuns

Audiência Pública apresentou pré-edital sobre concessão florestal destinado a empreendedores
Durante a manhã da última sexta-feira, 12, o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflo-Bio), em parceria com a Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), realizou a abertura da audiência pública para apresentação do Pré-Edital de Licitação do Lote II de Concessão Florestal a ocorrer no Conjunto de Glebas Mamuru-Arapiuns UMF-5. O evento ocorreu no Centro Municipal de Informação e Educação Ambiental (Ciam).

Estiveram presentes o secretário municipal de Meio Ambiente João Paiva que representou o Prefeito de Santarém Nélio Aguiar; o secretário municipal de Agricultura e Pesca Bruno Costa; a Presidente do Ideflor-Bio Karla Lessa Bengtson; a Diretora de Gestão de Florestas Públicas Gracialda Ferreira; a Assessora Técnica Ana Cláudia Simoneti; as Procuradoras Autárquicas Diana Souza e Ivana Melo; a Gerente Regional Weden Silva e o Gerente Técnico Cleberson Salomão.

Durante a apresentação, Gracialda Ferreira esclareceu sobre o conceito de Florestas Públicas e como funcionaria o processo de concessão. “A concessão florestal é um modelo de gestão de florestas públicas a qual pessoas jurídicas selecionadas por licitação assinam contrato com o órgão gestor [Ideflor-Bio] para poderem explorar de forma sustentável os recursos naturais da área, obedecendo aos termos do contrato e leis ambientais”, explicou a diretora.
Legenda da foto: Diretora de Gestão de Florestas Públicas Gracialda Ferreira explicou sobre o intuito da concessão

Ao fim da apresentação, os empreendedores e técnicos tiraram dúvidas com a mesa referente aos termos do pré-edital. Segundo Sávio Dill, engenheiro florestal e representante da Associação das Indústrias Madeireiras de Santarém (Asimas), as concessões florestais discutidas serão importantes para o desenvolvimento da região. “O refortalecimento do setor florestal de Santarém trazido por este pré-edital será muito bom para região, pois agregará valor aos produtos extraídos, aumentará a industrialização e criará muitos empregos além de ajudar na preservação do meio ambiente,” pontuou Sávio.
Legenda da foto: Sávio Dill, engenheiro florestal, fez questionamentos sobre o tema

Para Karla Bengtson, a audiência pública foi um sucesso e alcançou seus objetivos. “A participação e nível técnico da audiência foram incríveis, através do alinhamento técnico e jurídico feito hoje chegaremos rapidamente ao edital final que deverá ser lançando em poucas semanas. A participação dos órgãos, empreendedores, técnicos e sociedade civil foram fundamentais,” relatou a Presidente do Ideflor-Bio.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, João Paiva, a Prefeitura de Santarém, através de seus órgãos públicos como a Semma, está sempre apta a apoiar ações que visem o desenvolvimento sustentável da região. "Nosso compromisso é não só apenas com a geração de renda, mas também com a sustentabilidade. De nada adianta a exploração dos recursos naturais se não houver um planejamento que vise a preservação ambiental, por isso a Prefeitura de Santarém, através da Semma, está apoiando a abertura deste pré-edital que trará muitas oportunidades de emprego ao mesmo tempo que preserverá as nossas florestas," reiterou o Secretário.
Legenda da foto: Titular da Semma João Paiva representou a Prefeitura.

Nenhum comentário