Header Ads




Moradores da Comunidade Terra Preta vão ganhar microssistema de água potável

O empreendimento vai atender as demandas de distribuição de água e as famílias passarão a receber água tratada nas residências
Moradores da Comunidade Terra Preta, localizada no Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Lago Grande, vão passar a receber água tratada em suas torneiras.

O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (4), durante reunião entre representantes da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap) e a empresa contratada SOMECDH.

A ação é fruto de uma parceria entre o governo municipal e o Projeto Saúde e Alegria (PSA) que coordena a ação.
Legenda da foto: Reprensentantes da Semap juntamente com os representantes da empresa responsável pelo microssistema.

O objetivo é garantir saneamento básico por meio do Projeto Cisternas, do Governo Federal, com tecnologias sócias, uma vez que os moradores da área não tem nenhum sistema de água potável.

O empreendimento vai atender as demandas de distribuição de água a várias famílias, garantindo qualidade de vida a aproximadamente 300 pessoas que passarão a receber água tratada nas residências.

No centro da comunidade, onde há maior concentração de casas, a tecnologia implantada será a número 15, na qual consiste em: um microssistema com reservatório elevado; rede de distribuição nas ruas; captação de água de chuva nas casas; elevado e uma caixa de mil litros para cada residência.

As famílias que moram em locais mais afastados e de difícil acesso, serão beneficiadas com a tecnologia número 8, que consiste: captação de água de chuva; um elevado com caixa de mil litros; um elevado com caixa de 5 mil litros; um banheiro completo; uma pia de cozinha e um filtro de barro.

De acordo com o Presidente da Somecdh, Joacir Brito, empresa contratada através de chamada pública, a previsão de início dos serviços é para os próximos dias.

“Já estamos com todos os materiais em mãos para iniciar os trabalhos na comunidade. Queria parabenizar o PSA e a Prefeitura por terem conseguido através de parcerias e programas, garantir dignidade aos moradores da zona rural. São parcerias que somam esforços para melhorar a qualidade de vida das famílias nas comunidades ribeirinhas”, relatou.

Em Terra Preta, a Prefeitura já realizou a perfuração de um poço tubular profundo de 120 metros de 4 polegadas no valor de R$ 68. 663,62 que vai viabilizar a obra. Com a parceria, além disso, a Semap ficará responsável pela logística.

“A Prefeitura tem investido em saneamento básico com recursos próprios e parcerias na perfuração de poços e construção de novos microssistemas de abastecimento de água na zona rural do município. São muitos os avanços que o nosso prefeito Nélio Aguiar tem conseguido através de articulação política, levando assim dignidade aos munícipes. São parcerias que somam esforços para melhorar a qualidade de vida das famílias nas comunidades", disse o titular da Semap, Bruno Costa.

Portal do Carpê 

Nenhum comentário