Header Ads




Mulher leva mais de 30 pontos após ataque de piranha em praia no Pará


Crédito: Reprodução/Júnior Ribeiro

Um novo ataque de piranha foi registrado na Praia Aramanay, em Itaituba, região sudoeste do estado. Dessa vez, a vítima foi uma professora identificada como Crislaine de Oliveira, que foi atacada enquanto se banhava no Rio Tapajós na tarde do último domingo, 7.

De acordo com informações, ela estava tomando se banhando no rio quando sentiu uma fisgada em sua perna e saiu da água rapidamente, foi quando percebeu que tinha sido atacada por uma piranha.

A mulher contou que saiu desesperada da água. “Eu gritei e saí da água assustada, quando olhei para a minha perna esquerda vi um buraco profundo na altura da minha canela, tomei um susto, foi uma abocanhada, muito rápida, rápida mesmo”, disse a professora.

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros Militar, que estavam no local, e a levaram para o Hospital Municipal de Itaituba (HMI). A professora relatou ainda que a mordida foi muito profunda e precisou levar mais de 30 pontos. “De início imaginei que não fosse possível pontear, devido a profundidade da mordida, pensei que iriam ter que fazer enxerto, mas não foi preciso", conta a vítima, que está se recuperando em casa e passa bem.

Com informações do Giro Portal.

Nenhum comentário