Header Ads




Com Amazonas em colapso, Pará muda bandeiramento do Baixo-Amazonas para alto risco

 
Crédito: Reprodução Sociais 

A região do Baixo Amazonas vai sair da zona de risco médio para covid-19 para a zona de risco alto a partir deste sábado, 16, anunciou o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB). O bandeiramento que até hoje, 15, era laranja, passará a ser vermelho por conta do colapso na saúde do estado do Amazonas que faz fronteira com as cidades paraenses em questão.

Com a mudança, municípios da região ficam em alerta máximo. Segundo a tabela do Estado, isso representa a capacidade hospitalar em risco e/ou evolução acelerada da contaminação do novo coronavírus.

A atualização deve ser oficializada no Diário Oficial de amanhã, 16, disse o chefe do executivo. “Tô passando por aqui para informar que nós estaremos publicando no dia de amanhã no Diário Oficial Extra para comunicar uma revisão no bandeiramento da Região do Baixo Amazonas. Nós estamos muito preocupados com a situação em face à fronteira do Estado do Amazonas”, disse em vídeo publicado nas redes sociais.

De forma prática, o bandeiramento leva em consideração a capacidade hospitalar controlada e a evolução em fase decrescente de contaminação pela Covid-19 na regiões do Estado. De acordo com os critérios determinados pelo Governo Estadual, cada região do foi classificado entre as seguintes categorias:
Risco Alto (bandeira vermelha): cidades com taxa de transmissão alta e baixa capacidade do sistema de saúde;
Risco Médio (bandeira laranja) - cidades com taxa de transmissão média e média capacidade do sistema de saúde;
Risco Intermediário (bandeira amarela) - cidades com taxa de transmissão intermediária e média capacidade;
Risco Baixo (bandeira verde) - cidades com taxa de transmissão baixa e alta capacidade do sistema de saúde;
Risco mínimo (bandeira azul) - cidades com taxa de transmissão mínima e alta capacidade do sistema de saúde.




Nenhum comentário