Header Ads




Abre o olho, Ministério Público! Nepotismo descarado em Prainha

Nepotismo mostra o lado vergonhoso dos prefeitos de Prainha
Crédito: Reprodução Sociais 

Eleito em 2020 pregando a moralidade e honestidade pela coligação “Prainha no rumo certo”, o prefeito de Prainha, Davi Xavier, em 30 dias de gestão já mostrou o motivo do qual buscava se eleger: fazer sua administração um verdadeiro cabide de empregos para aliados.

A esperança da população é que “Davi Xavier” promovesse uma revolução na administração pública municipal, que depois da péssima gestão de Patrícia Hage, está jogada às traças, principalmente o setor educacional, que se transformou num verdadeiro caos.

Mas parece que as coisas não caminham para isso. Basta ver o perfil do secretariado anunciado pelo prefeito “Davi Xavier”, que usa e abusa de nepotismo, pois escolheu como os principais secretários Abraão Nascimento, irmão do vice Prefeito Josué, foi escolhido pelo Prefeito Davi Xavier, como novo Secretário de Saúde. Ele substitui Paulo Ricardo do comando da pasta.
Pelo andar da carruagem, esta nova administração municipal é mais um engodo que o povo de Prainha vai engolir nos próximos quatros anos. Resta saber o que o Ministério Público Estadual acha deste “secretariado” que mais parece um “está tudo em casa”.

“A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica, investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança, ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta, em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal", diz legislação.

_Os cargos de secretários são considerados políticos, o que os exclui da súmula vinculante 13, do Supremo Tribunal Federal (STF), que proibiu o nepotismo em órgãos públicos._


Com isso, resta saber o que o Ministério Público Estadual acha da postura adotada pelo prefeito que usa e abusa de nepotismo em Prainha.

Blogdocarpê 

Nenhum comentário