Header Ads




CoronaVac: Avião com insumos para 8,6 milhões de doses chega ao Brasil

Lote com 5,4 mil litros de matéria-prima veio da China e chegou ao Aeroporto de Viracopos
Crédito: Reprodução Twitter Doria

Chegou ao Brasil, no fim da noite de quarta-feira, 3, o avião vindo da China com insumos suficientes para a fabricação de 8,6 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19. A aeronave, que saiu de Pequim na terça-feira 2, trouxe 5,4 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), produto necessário para a fabricação do imunizante, e pousou no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP) por volta das 23h46.

Esse é o primeiro lote de insumos que o Instituto Butantan recebe neste ano. Segundo a autarquia, as vacinas produzidas com a matéria-prima desembarcada nesta quarta-feira começarão a ser entregues ao Ministério da Saúde no dia 25. O material deve deixar o terminal com destino a capital paulista na manhã desta quinta-feira, 4, após inspeção.

De acordo com o governo do estado de São Paulo, mais uma carga com 5,6 mil litros de IFA deverá chegar ao Brasil até o dia 10 de fevereiro, o que possibilitará a produção de mais 8,7 milhões de doses em São Paulo.

Somadas, as cargas, recebidas hoje e que chegarão no dia 10, permitirão a fabricação de 17,3 milhões de doses da vacina. A previsão do Butantan é que a produção de vacinas contra a Covid-19 alcance até 600 mil doses diárias com a chegada das remessas de matéria-prima.

A CoronaVac foi a primeira vacina a ser aplicada no Brasil, em meados de janeiro. De acordo com os estudos, sua eficácia geral é de 50,38%, considerada suficiente por órgãos mundiais de saúde. Para casos leves, o imunizante tem eficácia de 78%, além de ser 100% eficaz contra casos graves, internações ou mortes.

Com informações do G1

Nenhum comentário