Header Ads




Liberação da 8ª recarga do vale-alimentação escolar beneficia 576 mil estudantes paraenses

O auxílio é uma iniciativa do Governo do Estado, viabilizada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc)
Mãe de um aluno da 5ª série na Esc. Paula Frassinetti, Daniele Magno: "o vale-alimentação complementa a alimentação na minha casa”

A partir desta quinta-feira (25), é disponibilizada a 8ª recarga do vale-alimentação escolar, de forma escalonada, para os 576 mil alunos da rede estadual de ensino. Inicialmente, o benefício está liberado para os estudantes da Região de Integração do Guajará, que abrange os municípios de Ananindeua, Belém, Benevides, Marituba e Santa Bárbara do Pará.

O movimento de pessoas nos estabelecimentos credenciados a receber o auxílio escolar, neste primeiro dia de liberação da nova recarga, já era intenso desde cedo. Sem demora, alunos, pais e responsáveis foram às compras para adquirir os gêneros alimentícios, produtos de higiene e limpeza, dentre outros, que vão favorecer não só os estudantes público-alvo do benefício, como os demais membros da família.

Brena Tenório, que está na 3ª série do Ensino Médio na Escola Estadual Dom Pedro I, no bairro do Marco, em Belém, contou que ela e o irmão recebem o vale-alimentação escolar e que este auxílio vai ajudar outras cinco pessoas da sua casa. A estudante também comentou que o recurso disponibilizado tem ajudado milhares de paraenses, para que não passem necessidade neste período de pandemia da Covid-19.
A estudante da 3ª série do Ensino Médio na Esc. Dom Pedro I, no Marco, em Belém, Brena Tenório, foi às compras ainda nesta quinta, 25

“De maneira geral, o benefício é extremamente essencial, porque muitos alunos realmente dependiam da alimentação da escola e, através desse cartão, o Governo do Estado está garantindo a refeição de todas essas pessoas. Portanto, eu avalio essa iniciativa de forma bastante positiva”, destaca a estudante.

Gerente de uma rede supermercadista credenciada, Diego Leite afirma que essa ação do Executivo Estadual movimenta a economia paraense, além de reiterar que a empresa tem se empenhado para deixar os clientes que utilizam o vale-alimentação escolar como pagamento, bastante satisfeitos. O gestor também ressaltou que, geralmente, assim que o auxílio é liberado, o fluxo de clientes nas lojas do grupo empresarial aumenta consideravelmente.

“Todas as nossas 12 lojas no Pará estão aceitando o vale-alimentação escolar. Além disso, estamos preparados para receber os clientes com toda segurança necessária, respeitando os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19, como o uso obrigatório de máscaras, dispensação de álcool em gel e a demarcação dos espaços para garantir o distanciamento entre as pessoas dentro do nosso estabelecimento comercial”, pontuou Diego Leite.

Daniele Magno, mãe de um aluno do 5º na Escola Estadual Paula Frassinetti, no bairro do Umarizal, em Belém, enfatiza que o benefício é uma ajuda e tanto, que Governo do Estado, por meio da Seduc, neste período de pandemia da Covid-19. “O vale-alimentação escolar tem ajudado muito a minha família, porque como eu trabalho com vendas, é algo bastante incerto, pois tem vezes que eu consigo vender bem, outras vezes não, então é através deste recurso que eu complemento a alimentação das pessoas de casa”, ressaltou.
Ednaldo Lisboa é pai de três alunos da rede estadual: "chegou em bom momento, sou autônomo e com a crise estamos sofrendo"

Ednaldo Lisboa é pai de três alunos da rede estadual: "chegou em bom momento, sou autônomo e com a crise estamos sofrendo"Foto: Rai Pontes / Ascom SeducDe acordo com Ednaldo Lisboa, pai de três alunos da rede estadual, o benefício “chegou em um bom momento, pois devido essa atual crise sanitária, nós que somos autônomos sofremos bastante e estamos dependendo muito desse benefício. Se o vale-alimentação escolar continuar mais um pouco, até as coisas voltarem à normalidade, vai ser de grande ajuda”, comentou.

VALE-ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

Criado em abril de 2020, o vale-alimentação escolar é uma iniciativa promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que visa garantir a merenda escolar dos 576 mil estudantes paraenses, mesmo com a suspensão das aulas presenciais, no dia 18 de março de 2020, como uma das medidas de enfrentamento à pandemia novo coronavírus (Covid-19).

Com a liberação de mais esta recarga, cada aluno da rede estadual recebeu o valor total de R$ 640. Desde o início, essa ação de Governo já representa um investimento de R$ 357 milhões, com recursos oriundos do Tesouro Estadual.

Vale ressaltar que, desde a 7ª recarga, a distribuição do vale-alimentação escolar na Região de Integração do Araguaia, Baixo Amazonas, Carajás, Guamá, Lago de Tucuruí e Rio Caeté, passou a ser feito pela empresa Maxx Card. Nessas localidades em que houve a mudança de administradora, obrigatoriamente é necessário que seja efetuado a troca dos cartões, para que o benefício possa ser utilizado normalmente pelos estudantes.

No entanto, os municípios que compõem a Região de Integração do Guajará, Rio Capim, Tapajós, Tocantins e Xingu, que já eram atendidos pela empresa MeuVale, não há necessidade de se efetuar a troca dos cartões, pois a instituição continua sendo responsável pela administração do benefício nas referidas localidades.

NOVOS ALUNOS

A Seduc informa que devido o período de matrícula ainda estar em andamento (até o dia 3 de março), os novos alunos que já foram inscritos para o ano letivo de 2021, vão precisar aguardar até o próximo mês para receberem o cartão do vale-alimentação escolar, com o benefício da 8ª recarga.

CRONOGRAMA DE DISTRIBUIÇÃO

A cada dia, o vale-alimentação escolar é liberado para uma nova região paraense. A seguir, confira como será o cronograma de distribuição para os demais municípios do estado:

Dia 26/02 - Região Rio Capim: Abel Figueiredo, Aurora do Pará, Bujaru, Capitão Poço, Concórdia do Pará, Dom Eliseu, Garrafão do Norte, Ipixuna do Pará, Irituia, Mãe do Rio, Nova Esperança do Piriá, Ourém, Paragominas, Rondon do Pará, Tomé-Açu e Ulianópolis.

Dia 01/03 - Região Tapajós: Aveiro, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, Rurópolis e Trairão.

Dia 02/03 - Região Tocantins: Abaetetuba, Acará, Baião, Barcarena, Cametá, Igarapé-Miri, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Moju, Oeiras do Pará e Tailândia.

Dia 03/03 - Região Xingu: Altamira, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu.

Dia 04/03 - Região Araguaia: Água Azul do Norte, Bannach, Conceição do Araguaia, Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, Ourilândia do Norte, Pau D'Arco, Redenção, Rio Maria , Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, São Felix do Xingu, Sapucaia, Tucumã e Xinguara.

Dia 05/03 - Região Baixo Amazonas: Alenquer, Almerim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Santarém e Terra Santa.

Dia 08/03 - Região Carajás: Bom Jesus do Tocantins, Brejo Grande do Araguaia, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado dos Carajás, Marabá, Palestina do Pará, Parauapebas, Piçarra, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia e São João do Araguaia.

Dia 09/03 - Região Guamá: Castanhal, Colares, Curuçá, Igarapé-Açu, Inhangapi, Magalhães Barata, Maracanã, Marapanim, Santo Antônio do Tauá, Santa Maria do Pará, Santa Izabel do Pará, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Capim, São Francisco do Pará, São João da Ponta, São Miguel do Guamá, Terra Alta e Vigia.

Dia 10/03 - Região Lago de Tucuruí: Breu Branco, Goianésia do Pará, Itupiranga, Jacundá, Nova Ipixuna, Novo Repartimento e Tucuruí.

Dia 11/03 - Região Marajó: Afuá, Anajás, Bagre, Breves, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Gurupá, Melgaço, Muaná, Ponta de Pedras, Portel, Salvaterra, Santa, Cruz do Arari, São Sebastião da Boa Vista e Soure.

Dia 12/03 - Região Rio Caeté: Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Cachoeira do Piriá, Capanema, Nova Timboteua, Peixe-Boi, Primavera, Quatipuru, Salinópolis, Santa Luzia do Pará, Santarém Novo, São João de Pirabas, Tracuateua e Viseu.

SERVIÇO

Confira a lista dos estabelecimentos credenciados (MeuVale e Maxx Card), para receber a 8ª recarga do vale-alimentação escolar.

Lista da MeuVale

Lista da Maxx Card

Por Vinícius Leal (Ascom/SEDUC).

Nenhum comentário