Header Ads




Cocaína e maconha apreendidas no fim de semana pela PM são incineradas em Santarém

Os quase 400kg de entorpecentes foram apreendidos na noite de sábado (27) durante operação do 3º BPM.
Droga foi destruída na tarde desta quarta-feira, 3, em Santarém — Foto: Jaderson Moreira/TV Tapajós

Droga foi destruída

Foram incinerados na tarde desta quarta-feira (3) os 392kg de entorpecentes apreendidos durante operação do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizada no sábado (27). A grande quantidade de maconha do tipo “skunk” e cocaína foi destruída por segurança, já que o material é avaliado em milhões de reais e desse modo, evita que os criminosos planejem um resgate dos entorpecentes.

Para transportar os entorpecentes, foi montado um forte esquema de segurança, que contou com a participação de policiais civis e militares, e apoio da Vigilância Sanitária. De acordo com o diretor na 16ª Seccional de Polícia Civil, Germano do Vale, a incineração foi autorizada por determinação do juiz Gabriel Veloso.

“Nós realizamos a incineração imediata por duas razões: primeiro pela questão do acondicionamento, pra não colocar a saúde dos servidores em risco e, depois pelo risco de sofrer um atentado no sentido de alguém tentar levar a droga”, disse.

Segundo o comandante do CPR 1 (Comando de Policiamento Regional 1) coronel Aldemar Maués, essa apreensão culminou na operação da Polícia Civil realizada na terça-feira (2) quando foi encontrada em uma casa no bairro Alvorada, mais de 1 tonelada de drogas.

“Vamos passar informações ao serviço de inteligência da Polícia Federal porque sabemos que esse tipo de entorpecente não é produzido aqui no nosso estado, vem de fora. Tenho certeza que com essas informações, a Polícia Federal vai entrar no circuito e logo nós faremos mais apreensões”, ressaltou Maués.
Transporte de entorpecentes contou com grande aparato policial — Foto: Jaderson Moreira/TV Tapajós

Foi cerca de 1,5 tonelada de entorpecentes apreendida em três dias, o que causa um enorme prejuízo às organizações criminosas. À equipe da TV Tapajós, Germano contou que as investigações continuam no sentido de identificar os narcotraficantes e, posteriormente, prendê-los.

“Os homens que estavam transportando os entorpecentes no sábado já foram identificados, agora é só uma questão de tempo para que sejam presos para responderem por esse crime. Com relação ao entorpecente encontrado ontem [terça-feira] já foi feita a solicitação junto à Justiça para que também seja destruída”, informou o diretor da Seccional.

A apreensão
 
Entorpecentes foram apreendidos pela Polícia Militar na noite de sábado, 27 — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Aproximadamente, 400kg de cocaína e maconha, do tipo skunk, foram apreendidos em uma área de praia no bairro Salé, em Santarém. A apreensão foi realizada pelo 3º BPM quando um veículo foi visto pela guarnição e o condutor não obedeceu à ordem de parada e ainda tentou fugir.

A viatura seguiu o carro e o alcançou em uma rua que dá acesso à praia, momento em que os ocupantes do veículo fugiram e correram em direção a uma lancha que os aguardava na margem do rio.

O veículo foi encaminhado a 16ª Seccional de Polícia Civil. Lá foi constatada a quantidade de 392kg de entorpecentes, sendo 30,250kg de pasta base de cocaína, e 362,100kg de substância vegetal esverdeada análoga à maconha skunk.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário