Header Ads




Conclusão do julgamento sobre suspeição de Moro no STF é adiada após pedido de Nunes Marques

Crédito: Agência Brasil 

O ministro Nunes Marques pediu mais tempo para analisar o processo de suspensão do ex-juiz Sergio Moro na condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e com isso a conclusão do julgamento sobre o caso foi adiada.

A votação da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), iniciou por volta das 15h desta terça-feira, 9. Os ministros vão decidir se Moro foi parcial na decisão de condenar o ex-presidente Lula no caso do tríplex do Guarujá, na Operação Lava Jato.

O ministro Gilmar Mendes votou pela declaração de parcialidade de Moro. E mesmo com pedido de vista de Nunes Marques, Ricardo Lewandowski pediu para apresentar seu voto na sessão desta terça, e também viu parcialidade na decisão de Moro.

Com o resultado em 2 a 2, já que Cármen Lúcia e Edson Fachin, votaram no início do julgamento, em novembro de 2018, contra o pedido de suspeição, o voto de Nunes Marques, pode ser decisivo. O julgamento segue sem data para ser retomado.

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário