Header Ads




Prefeitura de Santarém concede registro do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) à unidade de beneficiamento Frigo Boi

Crédito: Ascom 

Dando continuidade ao fortalecimento das políticas públicas de produção, abastecimento e segurança alimentar em Santarém, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap) credenciou, na manhã desta terça-feira (16), a unidade de beneficiamento Frigo Boi com o registro do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). A unidade está apta a beneficiar em todo o município produtos e sob produtos de origem animal (frango, peixes e carnes bovinas). A iniciativa visa incentivar a economia local e qualificar a produção, garantindo saúde publica.

De acordo com a Coordenadora do SIM, Derliany Lira, para obter o credenciamento, as empresas cumprem rígidos requisitos de qualidade e inspeção sanitária, solicitados pela Prefeitura. "Estamos atuando para fortalecer a economia da cidade. Incentivando a qualificação e modernização da produção local afim de que tenhamos produtos de qualidade para nossa população’, disse.
Crédito: Ascom 

O proprietário Manoel Diniz, relata que agora poderá realizar a venda de seu produto com toda a garantia e qualidade. Pontua ainda que a expectativa é de aumentar a comercialização. "Através do certificado tenho certeza que conseguiremos aumentar a nossa venda, pois a população sabe que nós possuímos um produto que tem segurança. Com o selo o trabalho fica mais profissionalizado", contou.

Este é o 18º certificado de registro do Serviço de Inspeção Municipal, expedido pela Prefeitura. Atualmente, 20 estabelecimentos possuem o selo municipal. Desses, dezoito são cadastrados no Serviço de Origem Animal (Simpov) e dois no de Origem Vegetal (Simpoa). Os números são frutos do empenho da atual gestão, levando em consideração que até o ano de 2016, apenas seis empresas tinham registro no SIM, desde a sua criação em 2009.

Para o titular da Semap, Bruno Costa, essa é mais uma ação que consolida a gestão do prefeito Nélio Aguiar no rigor da qualidade da produção alimentar em Santarém. "Essa é mais uma ação de honraria do nosso gestor municipal, para que a população seja beneficiada com produtos de qualidade em sua alimentação. Esperamos que todas as empresas e estabelecimentos de beneficiamento de produtos tanto de origem animal quanto vegetal, busquem a certificação. Desde o inicio da nossa gestão estamos trabalhando no sentido em dar o apoio às empresas para que tenham o cadastro no Serviço”, destacou.
Possuem o selo municipal, três frigoríficos de abate de bovídeos; uma usina de leite e derivados; uma granja processadora de ovos; um abatedouro de aves; um frigorífico de pescado e onze unidades de processamentos, além de duas empresas de fabricação de polpas de frutas.

Entenda as leis que normatizam serviços de inspeção

Simpoa – Lei nº 20.438 de 21 de junho de 2018. A normativa regula a obrigatoriedade da prévia inspeção e fiscalização dos produtos de origem animal, comestíveis e não comestíveis no município.

Simpov - Em Santarém não havia uma lei que regulamentasse o Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal que pudesse atender as demandas das indústrias, principalmente as que comercializam polpas de frutas e também alguns derivados que são preparados, manipulados e comercializados em feiras e mercados do município.

Mas, a criação da lei nº 20.439 de junho de 2018 fruto da atual gestão, regula a obrigatoriedade da prévia inspeção e fiscalização dos produtos de origem vegetal, comestíveis e não comestíveis no município. São sujeitos a fiscalização produtos e subprodutos de origem vegetal, frutas, polpas, cereais, verduras, raízes, tubérculos, legumes e outros produtos de origem vegetal.

Blogdocarpê com informações Agência Santarém

Nenhum comentário