Header Ads




Comitê de Gestão de Crise libera praias e bares, e encerra toque de recolher em Santarém

Flexibilização se dá em razão da mudança de status do bandeiramento na região do Baixo Amazonas e à taxa de ocupação dos leitos de Covid-19 no município.
Crédito: Reprodução

Com a mudança do bandeiramento de vermelho para laranja (médio risco de contágio) o Comitê de Gestão de Crise para Enfrentamento da Pandemia de Covid-19 em Santarém, oeste do Pará, decidiu flexibilizar medidas do decreto anterior, liberando as praias e balneários para banhistas, bares e conveniência. O comitê também decidiu pelo fim do toque de recolher.

Em relação à permanência de banhistas nas barracas de praias e balneários que funcionam como restaurantes, haverá restrição de quantidade de mesas para 50% da capacidade para manter o distanciamento entre os clientes, e todas devem seguir os protocolos sanitários.

As decisões foram tomadas em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (16) na prefeitura de Santarém, e também levaram em consideração a taxa de ocupação de leitos de Covid-19 no município. As mudanças passam a valer assim que for publicado novo decreto municipal, o que está previsto para ocorrer ainda hoje.

"Essa mudança de bandeiramento representam que os dados técnicos mostram uma melhora do número de casos e da resposta dos municípios da região tem atendido as demandas, por isso os meios restritivos são mais flexíveis", explicou o coordenador da Vigilância Sanitária, Marcelino Xavier.

O coordenador da Divisa ressaltou que os protocolos sanitários são indispensáveis para que Santarém não volta ao bandeiramento preto (lockdown).

"Foram flexibilizadas algumas atividades, mas os protocolos de biossegurança devem ser seguidos à risca. Lembrando que obrigatório o uso de máscaras no município. A gente também recomenda que as pessoas usem de álcool gel e não façam aglomeração", disse Marcelino Xavier.

Em relação ao bares e conveniências, ficam autorizados a funcionar com 50% da capacidade de público, sem show e sem música ao vivo. E segue proibida a realização de festas em casas noturnas e espaços para eventos.

Segundo o presidente do Comitê de Gestão de Crise, Matheus Coutinho, não houve flexibilização do funcionamento de casas noturnas e de eventos, e nem a liberação de shows e música ao vivo em bares e conveniências devido a uma decisão judicial que proíbe tais atividades em Santarém por força da pandemia.

Por outro lado, está autorizada a retomada de academias de artes marciais, assim como a prática de esportes coletivos.

O toque de recolher que estava vigorando de 22h até às 05 do dia seguinte chega ao fim com a mudança de bandeiramento. Mas continua valendo a recomendação de só sair de caso em caso de necessidade, para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Veja o novo decreto em Santarém

O Decreto Municipal 793/2021

*Reportagem em atualização

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário