Header Ads




Eguchi entra com novo recurso para impugnação do mandato de Edmilson

Crédito: Reprodução

Na tarde desta quinta-feira, 15, um novo recurso com o pedido de impugnação do mandato do prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (PSOL) e de seu vice Edilson Moura (PT), pela suposta compra de votos na campanha eleitoral de 2020, oferecendo vantagens ao eleitor com o programa Bora Belém foi ajuizada pelo candidato Everaldo Eguchi (Patriota), através do advogado Elson Soares.


Segundo o documento, o programa do governo municipal foi utilizado como prática irregular de votos. Este é o segundo recurso impetrado na justiça eleitoral pedindo a cassação da chapa. Segundo o advogado Elson Soares, serão utilizados todos os meios cabíveis na lei para provar a compra irregular de votos, ‘Se continuar desta forma daqui a pouco todos os candidatos vão poder dar o que quiserem e prometer carro, casa, apartamento’ completou o advogado.

Veja a íntegra do documento clicando aqui.

Nenhum comentário