Header Ads




Governo do Pará inicia nesta segunda (05) o cadastro de estabelecimentos para auxilio de R$ 500

Os trabalhadores que atuam como manicure e pedicure, cabelereiro, barbeiro, esteticista e maquiadores vão poder solicitar o auxílio.
Manicure e pedicure, cabelereiro, barbeiro, esteticista e maquiadore podem se inscrever. — Foto: Reprodução/Agência Pará

Serão reabertas na próxima segunda-feira (5) as inscrições para trabalhadores autônomos se cadastrarem para receber o benefício emergencial, programa criado para minimizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19 no Estado. A inscrição reaberta para o recebimento do auxílio no valor de R$ 500, será para terceira categoria do programa que são os trabalhadores que atuam como manicure e pedicure, cabelereiro, barbeiro, esteticista e maquiadores.

Os trabalhadores deverão acessar os sites das secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) e do Banco do Estado do Pará (Banpará) para preencher o formulário eletrônico referente ao cadastro.

O benefício é exclusivo para os profissionais que não possuem vínculo empregatício, não recebam outro benefício como o Renda Pará ou Bolsa Família e não pode ser servidor público.

O governo destinou R$ 60 milhões, sendo R$ 20 milhões para cada dia inscrição no programa de auxílio emergencial. O pagamento faz parte do pacote econômico e tributário, no valor de R$ 500 milhões, anunciado no último dia 15 de março pelo governador Helder Barbalho (MDB), como forma de tentar reduzir impactos na economia provocados pela pandemia de Covid-19.

Fonte G1 Pará

Acompanhe o Blog do Luis Carpê também pelo Instagram e pelo Facebook 

Nenhum comentário