Header Ads




No município de Prainha, filhote de peixe-boi é encontrado preso em malhadeira


Crédito: Reprodução/Whatsapp

Um filhote de peixe-boi foi encontrado preso em uma malhadeira nas proximidades da área urbana do município de Prainha, no oeste do Pará. O animal foi resgatado nesta sexta-feira, 16, pelas equipes das Secretarias Municipais de Meio Ambiente (Semma) de Prainha e Santarém nesta sexta-feira.

O secretário de Meio Ambiente de Prainha, Ebson Mendes, explica que “Recebemos as informações sobre o animal ontem, 15, pela manhã. Fizemos toda uma logística possível para trazer aqui para o centro de reabilitação com o apoio da Semma de Santarém” disse.

De acordo com a Lei Federal de Crimes Ambientais nº 9.605/1998, matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, é crime ambiental. O infrator está sujeito a pena de detenção de seis meses a um ano e multa de R$ 5 mil por unidade de animal flagrado com o criminoso.

A lei tambem destaca que quem causar poluição de qualquer natureza está sujeito a pena de prisão e multa. Crimes ambientais como a poluição sonora, queimadas, desmatamento, pesca predatória, caça de animais silvestres e entre outros, devem ser denunciados para os órgãos ambientais do município onde se reside, ou para a Polícia Militar.

Com informações do G1

Nenhum comentário