Header Ads




Comércio: mesmo lento, cresce o número de emprego formal no Pará e vários estados da região norte

No Pará, nos últimos 12 meses, foram gerados no setor quase 15 mil novos postos
Crédito: Agência Brasil 

Um estudo divulgado pelo DIEESE/PA, com base em informações oficiais do Ministério da Economia segundo o novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), mostrou que o emprego formal, no setor comércio, no Pará e em vários estados da região norte, mesmo em ritmo mais lento, apresentou crescimento no primeiro trimestre e também nos últimos 12 meses, motivado principalmente pelo aumento das novas formas de contratações.

O Balanço efetuado no mês de março mostrou saldo positivo de empregos formais no comparativo entre admitidos e desligados. Foram feitas no período analisado em todo o Estado, 7.295 admissões contra 6.422 desligamentos com a geração de 873 postos de trabalhos. No mesmo período do ano passado, março de 2020, o setor apresentou queda de empregos formais, com 6.439 efetivações, contra 7.910 demissões e perda de 1.471 ocupações.

Segundo DIEESE/PA, em março deste ano, houve um crescimento de empregos formais na maioria dos Estados da Região Norte, no comparativo entre admitidos e desligados, com destaque para o Estado do Pará com a geração de 873 postos de trabalhos, seguido do Tocantins com 238 e Amazonas com 227. Na outra ponta, o destaque negativo foi para o Acre com perda 36 postos e Amapá com 26.

O Estudo também mostrou que de janeiro a março deste ano, foram admitidos 23.986, contra 18.977 demitidos e gerou gerou 4.919 novas vagas. No mesmo período do ano passado, o comércio paraense também apresentou crescimento na formalidade, só que bem menor que o verificado este ano, com 21.004 admissões, contra 26.630 demissões e 374 novos postos.

Nos últimos 12 meses, segundo o balanço, o crescimento de empregos formais no Pará, no comparativo entre admitidos e desligados foi de 85.003 admissões, contra 70.102 desligamentos e 14.901 novos postos de trabalhos.

Fonte: DIEESE/PA

Nenhum comentário