Header Ads




Justiça arbitra fiança de R$ 100 mil para condutor que atropelou motociclista em Santarém

Fiança foi arbitrada durante audiência de custódia nesta quinta-feira. Caso Eduardo da Silva Pereira recolha o valor, poderá responder em liberdade.
Eduardo da Silva Ferreira causou acidente que provocou a morte do jovem Ricardo Azevedo de Castro — Foto: Reprodução/Redes sociais

O condutor da caminhonete que provocou acidente na noite de quarta-feira (26), no bairro Santarenzinho, em Santarém, oeste do Pará, resultando na morte de um motociclista, não teve prisão convertida em preventiva pela justiça. Porém, o juiz Rômulo Nogueira de Brito, da 1ª Vara Criminal, arbitrou fiança no valor R$ 100 mil para que Eduardo Silva Pereira tenha o direito de responder em liberdade.

De acordo com informações de policiais que atenderam a ocorrência na noite de quarta e testemunhas do acidente, Eduardo apresentava visíveis sinais de embriaguez.

O acidente aconteceu por volta de 20h no cruzamento da Tomé de Sousa com Olavo Bilac. O jovem Ricardo Azevedo de Castro, de 26 anos, seguia pelo acostamento empurrando a motocicleta que havia ficado sem combustível. Ele tinha intenção de chegar até um posto na avenida Fernando Guilhon, para fazer o abastecimento do veículo, mas foi atropelado.

Com o impacto da batida, a vítima sofreu fraturas expostas e perdeu massa encefálica. Foi intubado ainda na ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência conduzido ao Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Antes de atropelar Ricardo, o condutor da caminhonete ainda atingiu um veículo com quatro ocupantes. Eles ficaram feridos, mas nenhum com gravidade.

Eduardo da Silva Ferreira foi preso em flagrante e autuado por homicídio culposo no trânsito na 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

Caso consiga pagar R$ 100 mil de fiança, Eduardo ganhará o benefício da liberdade provisória, conforme a decisão judicial proferida nesta quinta-feira (27).

Foto. G1 Santarém 

Nenhum comentário