Header Ads




Prefeitura inicia instalação de passarelas de mobilidade na Vila Arigó

Medida é necessária para conter transtornos ocasionados pela cheia dos rios e garantir mobilidade de moradores.
Crédito: Ascom 

Com a estação de chuvas na região amazônica ocorre o fenômeno das cheias que atinge os municípios que estão à margem dos rios. Santarém é uma das cidades afetadas e que está driblando a situação com alternativas que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) tem efetuado para amenizar os transtornos. Alguns pontos foram mais afetados como a Avenida Tapajós, em frente a orla da cidade, e a Vila Arigó, local onde as equipes da Seminfra iniciaram a instalação de passarelas na segunda-feira (17).

Na Vila Arigó devem ser instalados cerca de 80m de passarela para auxiliar a mobilidade dos moradores.

Na Avenida Tapajós, passarelas também foram instaladas, bem como na Lameira Bittencourt entre as Travessas 15 de Agosto e Francisco Corrêa e também no cruzamento com a Travessa dos Mártires para que pedestres continuem tendo acesso as lojas do centro comercial.

Bombas de sucção

Além dessa medida, 10 bombas de sucção estão funcionando 24 horas para auxiliar na diminuição do volume de água na Av. Tapajós. Cinco são das duas casas de bombas e outras 5 bombas auxiliares foram instaladas na Av. Tapajós (duas na Avenida Tapajós próximo à 15 de Novembro; outra próximo à Praça do Pescador e duas na 15 de Agosto).

Interdição em pontos da Tapajós

Quatro trechos foram interditados pela Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT). Foram eles: o cruzamento da Rua Joaquim da Costa Pereira com a Avenida Tapajós; cruzamento da Rua Benedito Guimarães (antiga 15 de Agosto) com a Tapajós; Rua João Otaviano com a Tapajós e Joaquim da Costa Pereira à rua Inácio Correa.

Nível do rio Tapajós

O último boletim diário de Defesa Civil publicado hoje, 18, às 8h, registrou 8,02 m na medição do nível do rio Tapajós. A marca provoca o transbordamento das canaletas e por consequência o avanço das águas para o leito da via.

Desta forma, o trânsito na Avenida Tapajós está sendo possível após os trabalhos do novo projeto da Orla, a reconstrução do cais de arrimo e a implantação das bombas de sucção.

O Prefeito Nélio Aguiar decretou estado de emergência após relatório da Defesa Civil que fez visitas às regiões de várzea do Arapixuna, Tapajós, Alter do Chão e Ponta de Pedras.

“O decreto de emergência nos possibilita dar respostas mais rápidas e atender às famílias afetadas, assim como ser atendido pela Defesa Civil Estadual e somar força junto com a Prefeitura, para a maior demanda de necessidade da população, que é a distribuição de cestas básicas e aquisição de madeiras”, pontuou o gestor municipal.

Blogdocarpê com informações Agência Santarém 

Nenhum comentário