Header Ads




Garimpeiros atacam ônibus que transportava lideranças indígenas de Jacareacanga para Brasília

Os invasores, além de furarem os pneus do veículo, expulsaram o condutor do município, impedindo a viagem
Crédito: Povo Munduruku

Na manhã da última quarta-feira, 9, um ônibus que transportava lideranças indígenas de Jacareacanga, no sudoeste do Pará, para Brasília foi atacado por garimpeiros ilegais. O grupo de 42 lideranças e caciques, que também pretendia dialogar com a sociedade civil e informar a realidade de violações por que passam à imprensa em geral, não conseguiu deixar o território por conta da falta de segurança.

A viagem tinha como objetivo cobrar, das autoridades federais, providências sobre os problemas causados pela invasão de grupos econômicos ligados à mineração de ouro na Terra Indígena Munduruku, bem como denunciar a violência e ameaças constantes das quais são vítimas. Os invasores, além de furarem os pneus do veículo, expulsaram o condutor do município, impedindo a viagem.

O Ministério Público Federal (MPF) informou que foi enviada uma requisição direta à Força Nacional de Segurança Pública, a Polícia Rodoviária Federal e à Força Nacional de Segurança pública para que “considerando as sucessivas e incessantes violências praticadas contra os Munduruku que se opõem a tomada do território por mineradores ilegais e seus financiadores”, no período de 13 a 19 de junho, “empreguem agentes, veículos e equipamentos em quantitativo suficiente para garantir a segurança pessoal e realizar a escolta dos indígenas pretendam se locomover do município de Jacareacanga até o Distrito Federal”.

Com informações do Brasil de Fato

Nenhum comentário