Header Ads




Ações de saúde e entretenimento marcam Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua em Santarém

A programação foi realizada para enfatizar direitos da população em situação de rua
A Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), através do Centro Pop Dom Lino Vombommel realizou na última sexta-feira (27), uma programação alusiva ao 19 de Agosto, data em que é celebrado o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua.
A programação buscou sensibilizar sobre a luta dessa população em prol de seus direitos e conquistas. Na ocasião, os serviços que o Centro POP realiza foram apresentados. A atividade contou com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Consultório na Rua, e do Instituto Beija-Flor.

“Promovemos ações de saúde com teste de glicemia e verificação de pressão arterial, e ainda, orientações fortalecendo os cuidados com a higiene pessoal. Contamos também com a participação do grupo Vozes de Louvor (também em parceria com o Instituto Beija-Flor), tornando o ambiente ainda mais agradável. Encerramos a programação com uma roda de conversa sobre o Movimento Nacional da População em Situação de Rua e os direitos adquiridos através dele. Participaram dessa atividade 11 usuários”, contou a coordenadora Leda Rego.

Ações de saúde foram realizadas

“Foi mais uma programação especial para a população em situação de rua que nós recebemos diariamente no Centro POP. É muito importante destacar com eles esses assuntos para que possam aumentar seus conhecimentos e também estarem em socialização com os demais usuários”, observou a Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito.

Grupo 'Vozes de louvor' alegrou a programação

Sobre a data

Há 15 anos, no dia 19 de agosto, na cidade de São Paulo, um acontecimento brutal, ocorrido na Praça da Sé, tirou a vida de sete pessoas em situação de rua e deixou outras oito gravemente feridas. Esse triste episódio ficou conhecido nacionalmente como “Massacre da Sé” e representa até hoje uma das noites mais violentas para a população em situação de rua. Aliás, a referida data passou a ser um marco para essa população, não somente em alusão à memória das vítimas que perderam a vida, mas também para identificação de avanços alcançados desde então, bem como da contínua luta pela garantia de direitos, sendo considerada o “Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua”.

Portal do Carpê com informações Agência Santarém 

Nenhum comentário