Header Ads




Com Santos decisivo nos pênaltis, Brasil garante vaga na final do futebol masculino em Tóquio


Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

O Brasil está na final do futebol masculino nas Olimpíadas de Tóquio. Na manhã desta terça-feira, 3, a seleção comandada por André Jardine venceu o México nos pênaltis com grande atuação do goleiro Santos, que pegou os dois primeiros pênaltis dos mexicanos. Reinier fechou as cobranças do Brasil.

Com a bola rolando, Brasil e México fizeram um jogo de muita estratégia. No primeiro tempo, a seleção brasileira chegou a ter um pênalti marcado em cima de Richarlison. Porém, após revisão no VAR, o arbitro anulou a marcação. No segundo tempo, após cruzamento de Daniel Alves, Richarlison apareceu de novo e colocou a bola na trave do goleiro Ochoa. Apesar das investidas, o placar seguiu inalterado e a partida foi à prorrogação.

No tempo adicional de 30 minutos, o ritmo seguiu o mesmo. Jogo truncado com o Brasil tentando chegar ao primeiro gol. A melhor chance brasileira aconteceu no primeiro tempo da prorrogação. Guilherme Arana soltou o pé de fora da área e a bola passou perto do com gol mexicano.

Sem bola na rede, o jogo foi para a disputa dos pênaltis. E aí brilhou a estrela do goleiro Santos. Daniel Alves bateu o primeiro pênalti e marcou para o Brasil. Em seguida, Santos fez a defesa na cobrança mexicana. Depois, Gabriel Martinelli ampliou para o Brasil. Na sequência, o México carimbou a trave do Brasil.

Bruno Guimarães bateu o terceiro pênalti do Brasil e guardou no fundo do gol. Depois, o México marcou o primeiro gol com Carlos Rodriguez. Na quarta cobrança brasileira, Reinier colocou a bola no ângulo e definiu a classificação do Brasil para disputar o bicampeonato olímpico. Final de jogo, Brasil 4, México 1.

A decisão da medalha de ouro será no próximo sábado, 7. O Brasil vai enfrentar o vencedor de Espanha e Japão, que ainda jogam nesta terça-feira. O Brasil é o atual campeão do futebol masculino olímpico.

Nenhum comentário