Header Ads




Dois prefeitos no Pará dizem ter celulares clonados; bandidos desviaram mais de R$ 200 mil

No último mês, além dos prefeitos, o governador do estado, Helder Barbalho também disse ter sido vítima de hackers
Crédito: Reprodução/ Fotos Públicas

Autoridades políticas do Pará vem se tornando alvo de criminosos em golpes de clonagem de WhatsApp. Na última semana, os prefeitos de Cumaru do Norte, Célio Cordeiro ‘Nego’ (MDB) e Jacareacanga, Valdo do Povo, além do governador do estado Helder Barbalho, relataram que tiveram as contas do aplicativo de mensagens clonadas.

Na última quarta-feira, 28, a Secretaria de Educação do município de Jacareacanga, informou que cerca de R$ 150 mil foram desviados do Fundo Nacional de Educação (Fundeb), após criminosos clonarem o celular do prefeito, Valdo do povo.

Os golpistas ligaram para uma instituição financeira em nome da prefeitura e pediram a transferência do valor.

LEIA TAMBÉM

Governador do Pará registra Boletim de Ocorrência após ter celular clonado

No mesmo dia, uma situação parecida aconteceu com o prefeito de Cumaru de Norte. Célio Cordeiro, o Nego, também teve a conta de WhatsApp clonada.

A prefeitura só tomou conhecimento do que e passava após o vice-prefeito José Ribamar ‘Ribinha’, estranhar o fato de receber mensagens pedindo informações sobre as contas bancarias da prefeitura, além de pedidos de depósitos financeiros de alto valor a amigos do prefeito.

De acordo com assessores do prefeito, já foram registrados golpes no valor de R$ 100 mil. O fato já foi informado para a operadora e um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de crimes cibernéticos em Belém.

Fonte Roma News 

Nenhum comentário