Header Ads




Semsa de Mojuí dos Campos alerta que população procure a 2ª dose da vacina contra a Covid-19

Segundo especialistas, completar o ciclo de imunização é a única maneira de combater a pandemia e evitar os casos mais graves da infecção.
Aplicação da segunda dose de vacina contra a Covid-19 segue em Mojuí dos

A vacinação contra a Covid-19 continua avançando na região oeste do Pará, para orientar e estimular a população a Secretaria Municipal de Saúde de Mojuí dos Campos alerta quanto a importância da segunda dose da vacina para garantir a completa eficácia dos imunizantes.

Segundo especialistas, completar o ciclo de imunização é a única maneira de combater a pandemia e evitar os casos mais graves da infecção provocada pelo novo coronavírus.

Em Mojuí, as equipes de saúde trabalham de segunda à sexta em dois pontos de imunização na área urbana e também se deslocam para levar a vacina para às comunidades do interior. No momento, a segunda dose dos imunizantes está sendo aplicada no público de 30 anos ou mais, grávidas, puérperas, profissionais da educação e pessoas que fazem parte do grupo com comorbidades e doenças crônicas.

A enfermeira Kesia Aguiar, coordenadora de imunização no município, ressalta que a população tem feito uma "boa procura" pela segunda dose das vacinas mas que também está sendo realizada a busca ativa daqueles que por algum motivo ainda não tomaram a segunda dose.

"Algumas pessoas foram embora, outras sentiram algum efeito adverso e se recusam a tomar a segunda dose, mas estamos fazendo a busca ativa para que essas pessoas possam regularizar a situação vacinal", disse a enfermeira.

Segundo dados da Secretaria de Saúde de Mojuí dos Campos e disponíveis no "vacinômetro", em 24 de agosto, 8.445 pessoas já receberam a primeira dose do imunizante e 5.255 a segunda dose, que também inclui as pessoas que receberam a dose única da Janssen. Somando, 13.710 doses já foram aplicadas no município.

Intervalo entre doses

Duas das quatro vacinas contra Covid-19 atualmente distribuídas em Mojuí dos Campos exigem duas doses - AstraZeneca e CoronaVac. Os intervalos entre a primeira e a segunda dose variam, pois cada vacina age por meio de mecanismos de ações diferentes. O único imunizante que assegura eficácia completa contra a doença em dose única é o da Janssen, da Johnson & Johnson.
A AstraZeneca tem o intervalo de 30 a 90 dias e a Coronavac de 14 a 28 dias. Aqueles que perderam o prazo estabelecido no cartão de vacinação para a 2ª dose da vacina devem procurar mesmo assim os pontos de imunização.

#vacinasim

Especialistas em saúde ressaltam que todas as vacinas são seguras. As vacinas contra a Covid-19 estimulam as defesas naturais e fazem com que o corpo produza anticorpos contra o vírus causador da doença, o SARS-CoV-2, o que ajuda a proteger o indivíduo contra a doença.

De acordo com a bula dos medicamentos, nenhum dos ingredientes das vacinas pode causar a Covid-19. Uma nota conjunta da Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) e da Sociedade Brasileira de Virologia (SBV) alerta para a necessidade de tomar a segunda dose. Segundo o documento, quando o indivíduo não completa o ciclo vacinal, ele não tem a imunização esperada e fica mais propenso à infecção.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário