Header Ads




Condutor que provocou acidente e morte de um casal em 2019, vai a júri popular em Santarém

Acidente aconteceu na BR-163, no município de Belterra. Gerson Leite Regalado apresentava sinais de embriaguez e foi preso em flagrante à época.
Gerson Regalado foi pronunciado pela Justiça para ir a júri popular — Foto: Reprodução/Redes sociais

O condutor que provocou acidente que resultou na morte de um casal em 2019, vai a júri popular por decisão do juiz titular da 3ª Vara Criminal da Comarca de Santarém, oeste do Pará, Gabriel Veloso. Na sentença de pronúncia, o juiz considerou uma série de circunstâncias que indicam que Gerson Leite Regalado estava embriagado e tentou fazer ultrapassagem em local proibido, provocando o acidente.

"(...) Julgo procedente, em parte, a denúncia apresentada pelo Ministério Público, para, nos moldes do artigo 413, do Código de Processo Penal pronunciar o réu Gerson Leite Regalado pelos delitos de homicídios qualificados por meio que dificultou a defesa da vítima, por dolo eventual tendo como ofendidos Mansueto Neto de Aguiar e Maria Morenita de Aguiar (CP, artigo 121, §2º, inciso IV, c/c artigo 18, inciso I), por duas vezes, em concurso formal (CP, artigo 70), sujeitando-o assim a julgamento perante o Egrégio Tribunal do Júri desta Comarca de Santarém", diz trecho da decisão do juiz Gabriel Veloso.

Gerson Regalado foi preso em flagrante lo local do acidente. Mas no dia 8 de agosto de 2019 teve a prisão relaxada mediante a penhora de uma casa, no valor de R$ 170 mil, como garantia da fiança arbitrada pela justiça no valor de R$ 100 mil. Mas, para permanecer em liberdade, ele tem de cumprir medidas cautelares determinadas pela Justiça, como, não consumir bebidas alcoólicas, não frequentar bares, não sair da cidade e comparecer ao Fórum mensalmente.

Por ter respondido ao processo em liberdade, ao condutor o juiz concedeu o direito de recorrer em liberdade da decisão de pronúncia para júri popular, caso deseje.

O acidente

Equipe do Samu nos primeiros socorros às vítimas de acidente na BR-163 — Foto: Kamila Andrade/G1

O acidente entre a caminhonete dirigida por Gerson Leite Regalado e uma motocicleta no km 40 da BR-163, próximo à entrada de Belterra, deixou duas pessoas gravemente feridas. O casal Maria Morenita e Mansueto Neto Aguiar estava na motocicleta e foi arremessado no asfalto.

Minutos após o acidente, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local e após o condutor do veículo passar pelo teste do etilômetro, foi constatado que ele estava sob efeito de álcool, com 0.63 miligramas por litro de ar alveolar.

Mansueto, que conduzia a motocicleta e levava na garupa sua esposa, Maria Morenita, teve a perna esquerda decepada devido ao impacto da batida e morreu de parada cardiorrespiratória. Já a segunda vítima, Maria Morenita foi levada em estado grave para o HMS e teve a perna amputada.

Maria Morenita morreu no dia 18 de agosto na UTI do Hospital Municipal de Santarém Dr. Alberto Tolentino Sotelo, quase um mês após o acidente.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário