Header Ads




Pará precisa investir R$ 3,21 bi para garantir abastecimento de água para toda população até 2035


Crédito: PMPA

A Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico lançou nesta segunda-feira, 18, o Atlas Águas (Segurança Hídrica do Abastecimento Urbano). Segundo a pesquisa, são necessários R$ 3,21 bilhões em investimentos até 2035 para universalizar o abastecimento de água no Pará.

A pesquisa aponta que o montante dessa verba representa 47,57% de todo o investimento necessário para o Norte, sendo R$ 1,12 bilhão em produção de água (34,95%) e R$ 2,09 bilhões em distribuição de água (65,05%). Investimentos adicionais de até R$ 1,49 bilhões podem ser necessários para a reposição de ativos.

Dentre as infraestruturas em produção de água recomendadas, pode-se destacar a implantação de nova adutora no Sistema Adutor Complexo Bolonha e a ampliação do Sistema Produtor de Bragança, de Marabá, de Santarém, de Castanhal, de Alenquer, de Breves, de Paragominas, de Itaituba e de Oriximiná, além da Implantação do Sistema Produtor de Canaã Dos Carajás.

Além disso, o levantamento da ANA traça um diagnóstico do abastecimento no Pará, considerando o tipo de empresa que realiza o serviço, tipos de mananciais utilizados, tipos de sistemas e a população coberta pelo abastecimento urbano de água.
Os dados da publicação poderão ser acessados via hotsite do Atlas Águas

Nenhum comentário