Header Ads




Zona Sul de Santarém recebe caravana do E+ Comunidade

Diversos serviços são oferecidos pela Equatorial Energia Pará no Barracão Comunitário do Mararu
Equipes da Equatorial Pará iniciaram na manhã desta terça-feira, 5, diversos serviços da empresa para os clientes da zona sul de Santarém. Até amanhã, 6, os serviços estão concentrados no Barracão Comunitário do Bairro Mararu, localizado na avenida Costa e Silva, ao lado da igreja católica Nossa Senhora das Graças, no horário das 9h às 17h.

Durante o E+ Comunidades são feitas negociação de dívidas, com vantagens para pagamentos à vista ou parcelados.

De acordo com o gerente de relacionamento com o cliente, Arthur Oliveira, as novas condições para pagamento, tem como objetivo auxiliar o cliente que ainda sofre com os impactos econômicos, em decorrência da pandemia da covid-19 e que acabou acumulando as contas de energia. “Estamos facilitando o pagamento, com modalidade que permite parcelar débitos no cartão de crédito, com isenção de juros, multas e correção”, explica.

CONSUMO CONSCIENTE

Por meio do Programa de Eficiência Enérgica da Equatorial, que visa incentivar o consumo sustentável de energia, os clientes também estão podendo realizar, na ação, a troca de lâmpadas incandescentes ou fluorescentes por lâmpadas de LED. Com o uso das luminárias de LED, as famílias poderão ter uma economia de até 80% na iluminação residencial, de acordo com especialistas. Para realizar a troca, é necessário apresentar RG e CPF do titular da conta e ainda estar em dia com a distribuidora. Cada cliente poderá trocar até cinco lâmpadas.

TARIFA SOCIAL  Atualmente, Santarém possui quase 42 mil clientes cadastrados na tarifa social de energia elétrica e mais de 13 mil famílias aptas, mas que ainda não fizeram o cadastro.

Para facilitar a integração no baixa renda, basta que o cliente apresente o Número de Inscrição Social (NIS) e os documentos pessoais (RG e CPF).

A Tarifa Social de Energia Elétrica é um benefício criado pelo Governo Federal para reduzir a conta de energia dos consumidores residenciais que se encontram em maior vulnerabilidade social, sendo concedidos descontos que chegam a até 65% na conta de energia.

Portal do Carpê com informações Ascom Equatorial 

Nenhum comentário