Header Ads




Decisão do STJ mantém cassação do prefeito de Oriximiná, Willian Fonseca

Fora do cargo desde 3 de novembro, Fonseca está sendo investigado por responsabilidade e prática de infração político-administrativa.
William Foncesa (Delegado Fonseca), prefeito de Oriximiná — Foto: Geovane Brito/G1

O mandato do prefeito de Oriximiná, no oeste do Pará, William Fonseca (PRTB), continua cassado, de acordo com decisão proferida na sexta-feira (12) pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Argemiro Filho, vice-prefeito, continua no cargo de chefe do executivo.

Assim, mantêm-se a decisão liminar dada no dia 3 de novembro pela desembargadora do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), Luzia Nadja Guimarães do Nascimento.

O pedido de cassação foi protocolado na Câmara Municipal pelo ex-vereador Zequinha Calderaro, no dia 9 de agosto deste ano, apontando crimes de responsabilidade e prática de infração político-administrativa que teriam sido cometidos pelo prefeito, entre elas, a contratação de pessoal para cargos que não foram criados por lei, para beneficiar aliados políticos.

O prefeito de Oriximiná teve seu mandato cassado pela Câmara Municipal em 22 de outubro, mas após liminar concedida no dia 26, a cassação foi suspensa e Fonseca voltou a exercer as funções de prefeito. Após a suspensão da liminar, o gestor foi retirado do cargo novamente.

A defesa de Willian Fonseca ainda não se pronunciou se irá recorrer da decisão do STJ.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário